quarta-feira, 18 de julho de 2007

O que muitos dizem...

Muitas pessoas dizem " o que há com o mundo??", e eu venho e vos faço a mesma pergunta.

A frase que define o mundo animal é: "só o mais forte sobrevive". Isso não é diferente na nossa sociedade, vivemos em um mundo bem animal, a cada dia a uma briga feroz pela sobrevivência, são pessoas buscando emprego, buscando qualificação ou então pelo lado com menor poder aquisitivo, buscando abrigo, alimentação e outras necessidades mais. Poderia eu ficar aqui escrevendo e citando vários lugares no mundo e falando sobre os problemas existentes nessas outras sociedades, mas não vou me atrelar a países distantes, vou me referir diretamente ao brasil, mesmo por que é uma situação difícil de ser contornada, pode não ser fácil, mas não complexo, pelo menos na minha opinião.

O Brasil já foi conhecido como o país das oportunidades, e ainda hoje acho que não está distante dessa realidade. Mesmo encontrando a pobreza logo ao lado, esse não deveria ser o foco da população. Muitos acham absurdo pessoas na rua, miséria pobreza e outras coisas que agridem a nossa visão. Mas só que a grande maioria consegue viver sem nem ao menos notar em que estado ela mesmo se encontra ou em que situação a sua vida está. Isso é como eu sempre digo, "se você está dentro da garrafa não tem como ver o rotulo", quem vê é quem está vindo de fora. Já parei para pensar qual seria a melhor solução para tudo isso, e a única conclusão que eu cheguei foi o fato de que um país onde a grande maioria da população é indolente e perde tempo se queixando da vida, acaba não crescendo e fazendo com que nada cresça, as oportunidades estão ai, mas falta pessoas com coragem suficiente para ir lá e colocar em prática e fazer com que haja desenvolvimento, o brasileiro esperá muito e corre muito pouco atrás do que deveria, o desemprego existe mas também existe o autônomo que emprega.O cara que teve a boa sacada e agora está se desenvolvendo e com esse desenvolvimento ele não se ergue apenas como acaba também levantando com ele mais 30 ou 40 pessoas com ele, isso se esse numero não for maior. O grande problema realmente é a moleza que afeta esse país e talvez a grande pergunta seria, " em que isso ajudaria o país ou a população??".Com uma base trabalhista mais ativa a base para sustentar essa novas empresas teria que ser maior, ou seja, a estrutura comercial local poderia se desenvolver já que já se teria consumidores como um poder de compra para o seu comercio, afinal o novo operário também consome e o operário agora emprega alguém que também passa a ter poder compra, podendo comprar o seu alimento, suas roupas e isso gera o emprego de outra pessoa, o capitalismo não é movido através do sedentarismo tudo tem que estar em movimento, a locomotiva não pode parar. O crescimento de uma pequena parte geniosa da sociedade pode gerar emprego para outras pessoas, pois assim com dinheiro sendo movimentado oportunidades para outras pessoas irão surgir.

Deixando um pouco de lado a parte trabalhista, a outra grande peste existente dentro do âmago do brasileiro é o fato de não procurar os seus direitos, ao que vejo dentro da nossa sociedade a grande maioria é do tipo "deixa pra lá" ou então não vai atrás por pura falta de conhecimento sobre os seus próprios direitos, a outra parte pode ser por falta de costume. Os grandes movimentos que poderiam ser levados em consideração como o impitimam do Collor ou as "Diretas já" não passaram de meros movimentos políticos liderados por grandes frentes políticas, não foi algo que realmente tenha sido feito pelo povo, talvez até possa ter sido para o povo, mas não pelo povo. O brasileiro só está motivado a alguma fazer alguma coisa quando é tocado pelo seu sentimento como foi os dois movimentos citados, ou como por exemplo essa tragédia que já é considerada a maior tragédia com aviões de todos os tempos da história do Brasil e então você olha pela internet pessoas que se sensibilizaram e simplesmente colocaram uma rosa na frente do seu nick de msn, então depois de ver isso veio um duvidada em minha cabeça que foi: "isso, mudará alguma coisa???", o simples fato de eu colocar uma rosa em frente o meu nick mudará alguma coisa ??, acho que todos já sabem a resposta, assim como eu, sensibilizar-se com alguma coisa poderia gerar uma revolução que poderia muito bem mexer com as pilastras da nossa sociedade, mas apenas uma rosa em homenagem, ahh faça me o favor!!!, isso é apenas a hipocrisia se movimentando mais uma vez, logo que já se sabe que daqui a um mês por pessoas não envolvidas tudo isso já estará esquecido.
Todos temem aqueles que tem conhecimento, pois esses vão atrás de seus direitos, esse seria o certo a fazer mas já fomos comprovados como um grande massa alienada que nem no seu principal direito concedido (o voto), que por mais que tenha sido um direito conquistado por manipulações políticas deveria ser usado como arma para acabar com a corrupção, mas acaba sendo usado como um alimento para vários sangue-sugas que mamam nas tetas da sociedade que paga um bando de crápulas que não fazem nada para o desenvolvimento do país. Claro, estou generalizando, mas sabemos que existem pessoas que estão lá para produzir, mas a grande verdade é que esses safados já sabem que fazer uma festa e agradar a grande massa que não tem opinião política é a melhor saída para sempre estar no governo. Essas pessoas são o maior vírus do país. Depois quando a festa acaba e a ilusão da época política se vai, eles ficam se queixando que o governo não faz nada, ou que o país é só corrupção.

Na minha opinião, tudo o que precisa ser feito é que esse nosso povo tenha um pouco mais de motivação para o trabalho, um pouco mais de consciência para com os seus próprios direitos pois lutando por eles com toda a certeza muita coisa vai melhorar e ter paciência pois com tudo isso encaminhado, não é de uma hora para outra que as coisas mudam para melhor.

Um comentário:

Ana disse...

já tinha ate me esquecido de como voce escreve bem hehe...
tambem né, fazia um tempinho que nao passava por aqui!!!
mais oq eu posso dizer? voce simplismente tem uma opiniao bem formada, sabe escrever e passar isso atraves dos seus textos.
ta de parabens, um beijo.